my Pottermore info


Desde que conheci Harry Potter eu tenho acessado bastante o Pottermore. Gosto de ficar por lá lendo as histórias das casas, os artigos (muito interessantes, por sinal!), e, especialmente, "conjurando" meu Patrono. Eu realmente amei a animação do teste do Patrono hehe.

Depois de ter lido esse post do blog Perdida em Ficções (o blog da Deborah é um amorzinho *-*), fiquei com vontade de contar um pouco sobre como decidi adentrar nesse universo mágico, e também para falar dos resultados dos meus testes do Pottermore. Mesmo ainda não tendo terminado de resenhar os livros por aqui, quero publicar logo esse post!


Eu tenho alguns fragmentos de memórias de uma Luh com oito ou nove anos de idade, vendo comerciais de Harry Potter no SBT, e até algumas cenas dos filmes (um carro voador, uma fantasma no banheiro, e um garoto gritando algo estranho), mas estou pronta para jurar diante do Ministério da Magia que nunca havia assistido Harry Potter até novembro de 2017. Consequentemente, eu também não tinha lido nenhum livro e sabia nada de nada da história.

Lembro-me que foi bem complicado decidir se eu compraria ou não o primeiro livro. Mesmo estando encantada pela edição capa-dura, e querendo saber mais sobre tudo, meu dinheiro estava nas últimas (na maior sinceridade: minha condição financeira é igual a dos Weasley quiça pior!). Mas eu acabei comprando A Pedra Filosofal, e foi amor ao primeiro capítulo. Acho que nunca li um início de livro tão incrível, instigante e maravilhoso. Para saber mais do que achei dos livros vocês vão ter de ler as resenhas hihi.

Harry Potter chegou na minha vida num momento bem difícil, onde minha saúde mental estava por um fio (na verdade, as coisas ainda estão um pouco difíceis, mas eu acredito que vão melhorar). Essa saga me ajudou de todas as formas possíveis. É um amor que só cresce a cada dia! ❤


Agora, falando sobre a minha casa em Hogwarts... antes de começar a ler, eu fiz o teste com um amiga, mas foi algo bem largado: estávamos sentadas na mesa, comendo sementes de abóbora caramelizada (bem bruxas mesmo haha!), e eu ia respondendo aleatoriamente. Cai na Corvinal! Como eu ainda não conhecia as casas, concordei e vida que segue. Comecei a tentar aceitar essa casa como a minha, especialmente porque todo mundo diz que sou parecida com Luna Lovegood.

Depois que terminei e ler a saga inteira, eu, bom... entrei em parafuso, foi isso. Aprendi a me encantar por todas a casas, mas havia uma em especial: Sonserina! Sim, eu queria mais que tudo ser da casa de Severo Snape, meu personagem favorito. Comecei a criar paranoias na minha cabeça, me imaginando de verde e tudo. Ao mesmo tempo, as outras três casas estavam ali me chamando. Vou ser bem sincera: eu ficaria feliz e daria o melhor de mim, independente da minha casa. 

Decidi que precisava de um novo encontro com o Chapéu Seletor, e cheguei a prometer que, o resultado que saísse, seria definitivo (Kammy, você é prova disso!). Fiz o primeiro teste: Grifinória. Não deve estar certo... Segundo teste: Grifinória! Terceiro teste: Grifinória!!! Fazendo um ranking, a última casa para onde eu esperava ir era a Grifinória. Não que eu não quisesse ir pra lá, mas durante os três testes eu torcia para ver o verde predominando a tela. Mas não aconteceu.

Depois disso, e de não ter aceitado muito bem, comecei a ter um certo receio do que os outros iriam pensar. "Ela quis ir pra Grifinória porque é a casa do protagonista blá blá blá". Não, não, não! Novamente, juro diante do Ministério da Magia que não era minha intenção, tanto que fiquei até com medo de manipular o teste para ir pra Sonserina haha, mas não tinha nenhuma questão que poderia me "jogar" numa casa. Passou-se uns dois dias até que eu aceitasse bem esse fato e, pausa, eu sou da Grifinória, onde habitam os corajosos! Por Merlin, eu não ligo a miníma para o que os outros dizem!!

Enfim, esse monólogo já está bem grande. Vocês só precisam saber que eu amo a Grifinória. Ela realmente têm características que eu consigo ver dentro de mim e já estou começando meu arsenal de produtos dela! Continuo adorando a Sonserina também, mas já me acostumei com o fato de  que não tenho praticamente nenhuma qualidade das quais Slytherin prezava.


Bom, agora com Animais Fantásticos e Onde Habitam (filme pelo qual estou apaixonada), conhecemos Ilvermorny, a escola de Magia e Bruxaria Americana. Confesso que não me encantei tanto por ela e sua história como me encantei por Hogwarts, mas fiquei feliz por ter sido escolhida para a casa Thunderbird. O Pássaro-Trovão representa a alma de um bruxo e favorece os alunos aventureiros e exploradores, e acredito que não poderia ter uma casa melhor para eu ir.

Já o meu Patrono é um Cavalo Alado Graniano ❤ Eu fiquei imensamente feliz com isso, não só pelo meu Patrono ser uma criatura mágica (o que é muito raro de acontecer!), mas por eu achar cavalos alados lindos desde que eu era pequena. É um animal que eu acredito piamente que existe (ou que, pelo menos, já existiu). Ah, minha varinha é de madeira de pinho com núcleo de pena de Fênix 13 ¾ e ligeiramente flexível.


Enfim, de acordo com o Pottermore, sou corajosa, aventureiro, e tenho como Patrono um cavalo mágico (ainda fico abismada como isso faz sentido, afinal eu usei uma memória do mundo mágico para conjurá-lo!). E quanto a vocês? Qual a(s) casa(s), Patrono e varinha?! Eu quero saber!

Isso é tudo, pessoal! Rainha Vermelha, 

SOMOS TODOS LOUCOS AQUI

31 comentários :

  1. Owwwnn que post mais amorzinho <3
    Eu conheço o Pottermore desde os meus 12 anos e sempre caí na Corvinal em todos os testes. Fiquei afastada desse mundo mágico durante um tempo e depois aos 18 fiz novamente o teste do Pottermore, e novamente fui selecionada para a Corvinal, realmente, essa é a minha casa do coração, amo ser Corvina *---*
    Minha casa da escola Ilvermorny também é Thunderbird, mas sinceramente, nem dou a mínima para essa escola. Hogwarts >>> ALL.
    Achei seu patrono fantástico, realmente mágico. O meu é mais comunzinho, é um Robin (pássaro Tordo-Americano), ah, até que combina com alguém da Corvinal, não?!
    Amei sua varinha também, a minha também tem núcleo de pena de Fênix, mas é uma Varinha de Madeira de Noz Preta com um Núcleo de Penas de Fênix 11" e flexibilidade inflexível, para ser exata. Meu sonho era comprar uma varinha igualzinha a minha no Pottermore, seria demais!
    Amei ler essa postagem! E fico feliz que você tenha caído na Grifinória, é bem melhor que Sonserina, pode acreditar hahaha
    Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico muito feliz que tenha gostado, amora! *-*

      Vou confessar que têm momentos que eu queria ter conhecido Harry Potter quando mais nova. Me sinto até atrasada, ainda mais quando vejo pessoas como você, que acessam o Pottermore desde muito tempo :p
      Corvinal é uma casa incrível! Eu não consigo não amar essa casa também, pois uma das figuras mais incríveis e peculiares está lá: a Luna <3
      Aaah, e Ilvermorny pode até ser legal, mas, como o Newt disse, a melhor escola de magia e bruxaria do mundo é Hogwarts!!

      Quero muito poder fazer a minha varinha do Pottermore um dia, assim como também espero conseguir uma SÓ minha, feita por algum artesão de varinhas por aí (sim, eles existem haha).

      Obrigada pelo carinho de sempre! Ah, e a Sonserina é boa também, mesmo com o histórico de bruxos das trevas :p
      Beijos!

      Excluir
    2. Não fique assim, acho que o amor por Harry Potter vem sempre no momento certo e o seu é esse <3
      PS: Seilá, não consigo gostar da Sonserina, Lufa-Lufa, sinceramente também não ligo muito não, para mim, as melhores casas são Corvinal e Grifinória mesmo *-----*

      Excluir
    3. Acho que, por motivos de orgulho, Grifinória tem de ser minha casa preferida, mas realmente não consigo escolher uma casa que eu ~goste menos~. Adoro todos os valores de cada uma, e suas histórias... embora, confesso, eu tenha um interesse maior por Slytherin (acho que é por da Câmara Secreta hihi).

      Excluir
  2. Já mencionei outras vezes, mas sou da Corvinal , meu patrono é um cisne branco e minha varinha é de madeira de noz preta, com núcleo de cabelo de unicórnio e flexibilidade rígida haha.
    Minha casa na Ilvermorny é a Pukwudgie, que pelo que eu vi é a casa que favorece os curandeiros ( o que fez muito sentido para mim, já que quero ser médica).

    Beijinhos

    letologia.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu vou enaltecer a Corvinal sempre, pois é a casa da aluna mais peculiar de Hogwarts: a Luna <3

      Excluir
  3. Sou da Corvinal, meu patrono é uma égua marrom e minha varinha é de madeira de sequóia vermelha, núcleo de penas de fênix, tamanho 13 ¾" e bastante flexível [nossas varinhas têm suas semelhanças, haha].
    Também sou da Thunderbird, apesar de não me identificar tanto assim.

    Me lembro de sempre ver as propagandas dos filmes no SBT e pensava que devia ser muito assustador. Pobre criança...

    Quando você mudou para a Grifinória, eu tive certeza que iria se acostumar logo com a ideia e encontrar um lar por lá ♥

    O seu desenho está a coisa mais linda! ♥

    Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu adoro saber essas informações potterheads das pessoas hehe ^-^
      Com qual casa de Ilvermorny você mais se identifica, chuchu?

      Obrigada pelo carinho! <3

      Excluir
    2. Já li pouco sobre as casas de Ilvermorny, então ainda não sei qual me identifico mais. Quero muito conhecer melhor sobre elas!

      Excluir
  4. Olá Luana,

    Gostei muito do post, pois adoro HP! Vou verificar o site que você indicou. :D

    Um beijo

    www.purestyle.com.br

    ResponderExcluir
  5. Eu tinha muito o hábito de acessar o Pottermore, mas começou a se tornar vício (mesmo com os conteúdos sendo postados num intervalo de tempo) e eu tive que dá uma pausa, acredita? Na época, eu era da Lufa Lufa. Já o patrono e a varinha, não me lembro, juro hahaha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A Lufa-Lufa é um xodózinho, né? O Newt já é umas das minhas pessoas favoritas no mundo mágico *-*

      Excluir
  6. Sou apaixonada por Harry Potter! Faz parte da minha vida desde a minha infância!! Esse dias fui na FNAC de Ribeirão e me apaixonei pela sessão do Harry Potter que eles têm lá!
    Amei seu post 😍

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu gostaria tanto que por aqui tivessem mais lojas e eventos dedicados a Harry Potter :p
      Obrigada por tudo! <3

      Excluir
  7. Como não amar Harry Potter não é mesmo.. Nunca li nenhum livro apenas os filmes. Vou conhecer esse site, parece interessante.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu recomendo o site e os livros hehe! :)

      Excluir
  8. Olá!!!

    Adorei o post!!
    Eu por anos nunca pensei em ler HP, não me pergunte o porquê. Simplesmente achei que não leria. Até que ano passado eu comecei a ler e qual não foi minha surpresa quando me vi completamente presa e apaixonada pela história e pelos personagens. E como você, fiz a leitura em um momento pesado da minha vida e a leitura de HP me ajudou muito. Era o meu momento, o momento que eu saia um pouco dos problemas e conseguia ir para um outro mundo. Hoje sou uma apaixonada!
    Eu não conhecia esse site, acredita? E enquanto lia seu post, já dei uma passadinha por lá e amei. Vou explorar e ver qual minha casa, qual meu patrono e depois te conto!!!

    bjs
    Fernanda

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico muito feliz que tenha gostado, chuchu. Eu sempre pensei que chegaria o dia que eu leria Harry Potter, mas nunca nos meus devaneios eu me imaginava como um potterhead apaixonada como sou hoje hehe <3 Quero muito saber os resultados dos seus testes!

      Excluir
  9. Eu li o primeiro livro de HP e não caí de amores, mas uma amiga com dificuldade de leitura pediu ajuda e queria ler (adivinhe qual livro) e acabei por ler a saga inteira. Sempre amei esse universo da magia, do silêncio de dentro e o equilíbrio entre as forças do universo. Mas apesar de ler o livro, nunca pensei em 'viver a idéia desse mundo'. Achei o máximo e fiquei a imaginar o quanto de si é preciso abstrair, somar, renomear. Nossa, delirei. rs


    amei o seu post
    bacio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acredito que cada pessoas lida com certas coisas de forma diferente, embora, na minha cabeça, todo mundo devesse amar Harry Potter haha. De todo jeito, fico feliz que tenha captado um pouco da essência desse universo! <3

      Excluir
  10. Eu amo todo o universo de HP, já li os livros e assisti aos filmes várias vezes. Talvez eu seja um pouco velha para isso, mas quem se importa né? Adoro o Pottermore também, apesar de fazer um tempinho que não entro lá. Meu personagem preferido é o Sirius, mas eu também amo muito o Dobby.
    Ah, minha casa é a Ravenclaw, meu patrono é um porco-formigueiro e minha varinha é de madeira de pinheiro com núcleo de pelo de unicórnio, 12 1/4" (31 cm) , rígida.
    Muito amorzinho esse post, adoro falar e ler sobre HP!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Harry Potter é atemporal: não tem época nem idade certa para gostar hehe. Eu amo o Sirius e o Dobby, me encantei por eles logo nas primeiras aparições, mas outro personagem que tem meu coração é o Snape *-*

      Fico muito que tenha gostado do post e compartilhado seus resultados do Pottermore comigo! :*

      Excluir
  11. Oiê!

    Confesso que eu nunca fui fã de HP, tampouco vi os filmes ou li os livros. O tipo da história não me desperta curiosidade, sabe? Sei que estou perdendo muito coisa, mas simplesmente não bate comigo. :(

    Eu não entendo das casas, mas segundo uma amiga que é viciada na saga, faço parte da casa Carnaval. Ela até me deu um poster dessa casa. Não sei o que ela significa. :(

    Bjs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu, como fã de fantasia, não consigo entender muito bem como algumas pessoas conseguem não gostar, mas sei que cada um tem um estilo diferente. É uma pena não gostar da história :p

      Ah, sobre a CORVINAL (!), é a casa que preza pela inteligência principalmente. "O espírito sem limites é o maior tesouro do homem" <3

      Excluir
  12. A sua história com Harry Potter é uma coisa tão linda. Desde que essa saga foi criando os primeiros fãs, vejo eles falando o quando foram ajudados por esses livros maravilhosos. E com você não foi diferente haha é engraçado isso porque os primeiros fãs foram da época da minha tia, quando ela era adolescente, e mesmo o tempo tendo passado nada da história de perdeu :3
    Ainda não li, como eu já disse tantas vezes aqui, mas tenho mta vontade mesmo, só estou esperando o momento certo. Quero aproveitar a leitura ao máximo <3
    beijoss
    N E O D E S V A R I O

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu ainda quero fazer um post falando sobre depressão e como Harry Potter tem em ajudado de maneiras extraordinárias. Espero conseguir ~cabeça~ pra escrever esse post logo logo...

      Espero que você consiga ler também, amora. Harry Potter é definitivamente atemporal, e tenho certeza que vai amar :)

      Excluir
  13. Oi Luh, tudo bem? Pensei que tinha esquecido minha história com Harry Potter, mas depois de ler seu post todas as lembranças vieram à minha mente. Lembro que na época as pessoas faziam uma certa disputa Senhor dos anéis x Harry Potter. Muitos amigos preferiam Senhor dos anéis (sim, digo isso com dor no coração), naquela época eu era uma das únicas fãs do bruxinho. O tempo foi passando, vieram mais filmes da continuação e permaneci firme. Um dos filmes inclusive fui assistir no cinema com meu namorado mas não consegui convencê-lo haha Ele prefere Velozes e furiosos... homens haha Faz tempo também que fiz o meu teste, pensando em refazê-lo, o que acha? E se der uma casa diferente? Beijos da corujinha, Érika =^.^=

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amei saber um pouquinho da sua história, florzinha. A única disputa que eu já vi foi entre Harry Potter e Crepúsculo, mas acho que nem se compara hehe. Eu acho que nem tem jeito de eu namorar alguém que não goste de Harry Potter; simplesmente não bate :p

      Ah, eu iria adorar que você me falasse como foi fazer o teste das casas de novo!

      Excluir
  14. awnnnn que amorzinho esse post <3 eu vi e revi todos os filmes e li apenas dois livros. Imagina, né? Todo mundo quer ser da Grifnória, daí tu caiu na Cornival e ficou tipo OIIII? kkkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Na verdade... não foi bem assim. Eu não estava aceitando muito bem a minha escolha de casa, mas, como contei no post, queria ir pra Sonserina e prometi que o resultado que desse, independente do que fosse, seria oficial. Se eu tivesse continuado na Corvinal, eu seria feliz também ;)

      Excluir

Recadinho: clique em "notifique-me" para descobrir qual foi minha resposta ao seu comentário, e para que possamos conversar melhor ;)